Esferas Transferidoras

ESFERA TRANSFERIDORA

esfera transferidora é utilizada para redução da força necessária em movimentar cargas, além de serem fáceis de montar e bastante versátil.

Atuamos há vários anos na fabricação e comercialização de esferas transferidoras, contamos com uma vasta linha, para as mais variadas aplicações, com capacidades de carga que variam entre 20 Kgf a 300 Kgf.

Oferecemos duas linhas de esferas transferidoras, confira as principais características.

ESFERA TRANSFERIDORA – LINHA LEVE

Incluem os modelos: 441, 442, 443, 444, 445, 446, 452.

  • Carcaça em aço estampado.
  • Ideais para aplicações de carga baixa.
  • Combinam boa velocidade de deslocamento e capacidade de carga, com custo reduzido.

ESFERA TRANSFERIDORA – LINHA PESADA

Incluem os modelos 447, 448, 449, 450, 451 e 453.

  • Carcaça em aço usinado.
  • Suportam cargas elevadas.
  • Ideais para condições severas, onde há colisões ou em transporte de itens pesados.

EXEMPLO DE USO DE ESFERAS TRANSFERIDORAS

* Ponto de transferência de ferramental

* Área de verificação de paletes

INFORMAÇÕES TÉCNICAS DA ESFERA TRANSFERIDORA

As temperaturas de operação indicadas são de -20°C até +100°C (+70°C para uso contínuo, +100°C para uso intermitente). Nessas temperaturas a esfera transferidora funciona corretamente, com o aumento da temperatura a capacidade de carga diminui.

COMO CALCULAR A CARGA EFETIVA EM CADA ESFERA TRANSFERIDORA

Normalmente, para se obter a carga efetiva em cada esfera, divide-se a carga (peso) da operação por três. O resultado fornece a carga máxima que cada esfera transferidora deverá sustentar.

O plano no qual se posicionam as esferas deve ser suficientemente rígido e alinhado para garantir que todas as esferas apoiem igualmente a carga. Do mesmo modo, a superfície da carga deve ser suficientemente rígida para ser sustentada pelas esferas, sem danificar a superfície do plano. É sempre necessário considerar uma margem de segurança nos cálculos.

Para determinar a distância entre as esferas, é necessário dividir o menor lado da carga a ser transportada por 3,5.

Por exemplo, para uma placa de 700 mm x 1.000 mm a distância entre as esferas será de 200 mm (700 dividido por 3,5). Essa distância garante que haja esferas transferidoras suficientes para sustentar a carga.

Devido à grande variedade de aplicação, o usuário poderá dispor de um máximo de flexibilidade em seu sistema de transporte. As esferas de apoio circulam continuamente em condições dinâmicas, garantindo assim um suporte constante da carga a ser transportada, porém, levar em consideração que toda a área que entrará em contato com as esferas transferidoras deverão ser absolutamente plana, horizontal e rígida. 

Esferas transferidoras são utilizadas em inúmeras aplicações, sendo as mais comuns:

  • Prensas de corte
  • Célula Robotizada
  • Dobradeiras
  • Transporte de material nas áreas limpas
  • Movimentação de carga
  • Sistemas transportadores
  • Transporte de carga para aeronaves
  • Máquinas para trabalho com folhas de aço
  • Prensa hidráulica
  • Mesa de esfera transferidora
  • Plataformas e equipamento de elevação

* Para consultar outros modelos, por favor, entre em contato conosco nos telefones abaixo.

São Paulo: (11) 3136-1560
Rio de Janeiro: (21) 3005-2082
WhatsApp: (11) 3136-1560
+ Outros  DDD – Clique Aqui –>